Faz-me tão bem

Não quero brigar
Fazê-la sentir-se mal
Vê-la chorar

Seu sorriso
Seu jeito
E sua voz

São
Já há algum tempo
Minha maior fonte de inspiração e felicidade

Falar bobagens debaixo do lençol
Sentir o aconchego de um abraço inesperado
Perceber o aroma do corpo durante as frias manhãs de domingo

Fizeram-me lembrar
Que a simplicidade da vida
É que torna tudo tão bom

Quero-te
Sinto-te
Lembro-te

Às vezes me exalto
Falo sem pensar
Finjo não me importar

Porque nem sempre me lembro
Que para se defender
É preciso recordar ao próximo a falta que ele lhe faz

Em nenhum momento
Quis demonstrar que não me preocupo
Ou que faço questão de não me envolver

Pelo contrário
Você acudiu meu coração
E por esse calor

Tudo
Hoje
Faz-me tão bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s