Ainda temos muito o que aprender

Tem horas que você fica de saco cheio
Puta que pariu
Repito o mesmo trabalho
Hora após hora
Como um cavalo correndo sem direção
Igual a um burro atrás da cenoura que nunca alcança
.
O tempo não passa
Minutos que levam horas
Horas que levam dias
Meses que levam anos
Enquanto eu perco minha vida olhando números na tela de um computador
.
Queria eu ser apenas um caso raro
Pena que outros milhões enfrentam essa sina todos os dias
Inutilidade sem fim
E o mundo real ai fora se desintegrando
Espécies agonizando
Temperaturas cada vez mais altas
Polos derretendo
Extinções em massa
Ecossistemas em colapso
.
E não venha me falar que Deus tem um plano para cada um de nós
Se Deus existisse, você realmente acha que ele deixaria a gente fazer o que faz com os nossos semelhantes?
A religião é uma mera desculpa para explicar as coisas que a humanidade não tem resposta
Uma mera instituição de regras ridículas para manter o povo na linha
Pois é óbvio que que você não vai assassinar ninguém ou estuprar uma garota indefesa se achar que após a sua morte vai sofrer durante toda a eternidade nas chamas do inferno
.
Tudo bem
Nem todas  as religiões são assim
Existem muitos ensinamentos que não são ruins
Várias coisas que estão ali podem ser aproveitadas
Basta usar o cérebro para entender o que é verdade ou mentira dentro daqueles livros que alguém como eu ou você escreveu há milhares de anos atrás
.
Mas no fim
Estamos todos ai
Preocupados com a reforma da previdência
Com o percentual de evolução econômico que não subiu
Esperando que o maldito governo que assumiu o poder fracasse

.
É
Ainda temos muito o que aprender
_______________
Imagem: Steve Jurvetson

Anúncios

8 comentários sobre “Ainda temos muito o que aprender

  1. Sintetiza com simplicidade e praticidade o que eu gastaria muito mais energia para exteriorizar. Essa agonia no trabalho e na sociedade eu experimento, colônia de pilhas operárias a serviço dos ricos. Ganhar dinheiro já virou fim em si mesmo, só se usa para mostrar aos outros. Tudo para que continuemos trabalhando feito escravos, gastando automaticamente, ostentando para tentar ser reconhecido, valorizado e ter oportunidade de felicidade por isso. E ainda divididos entre estar contra e a favor de partidos que se alternam em cargos, em vez de acreditar e agir por um país, sempre.

    Você vem de vez em quando, Gacciona. Mas quando vem, vem mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Muito obrigado pelas palavras, Leonard.!

      É exatamente isso que você complementou. Acredito que aos poucos as pessoas estão abrindo os olhos. Esse sistema que o mundo funciona não nos serve mais. Espero que consigamos mudar antes que grandes tragédias aconteçam.

      Fico feliz em ver que de vez em quando você passa por aqui. Um grande abraço!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Se pudesse eu ver esta questão como a vês, sentiria-me um pouco mais esperançoso. Gostaria de divisar algo mais preciso à frente, como tantas vezes já pude fazer. É que a superficialidade intelectual, cultural e crítica mantida pelos meios de comunicação, entretenimento e ensino em todos os níveis alcançou tal estágio, que não creio que sejamos em um sistema democrático capazes de deliberar algo mais amplo e desapegado do ciclo fechado e vicioso do consumismo. A grande maioria da população é curta, passional, partidária, de visão e interesses muito pequenos para um coletivo e um país tão grande, em um problema antigo cuja resolução demanda ações de longo prazo. Em outras palavras, não vejo saída, e se houver, será talvez muito à frente, a nossos netos, bisnetos ou além.

        Luto por emancipar-me, desamparar minha existência desta teia essencial, de consumo-ostentação. Cara, é tão difícil perceber que tendo uma mansão ou uma casinha, o que te faz feliz é a presença, a conversa, o riso e calor humano de quem se possa chamar de amigo. Um café da tarde com pão francês com manteiga, café com leite e paz entre risos é um momento de rei, até dentro de uma cadeia. Nesse momento não importa o que você possa comprar com seu dinheiro.

        O discurso é de prosperidade, avesso à miséria. Mas ao perseguir a riqueza e a prosperidade material, estamos esquecendo para que elas servem.

        Um sorriso e elogio de um amigo que pode beijar seu rosto te dá o que um milhão de likes não podem.
        Sentir validação por um público anônimo, uns pelos outros, uns pelos outros, uns pelos outros; vicia, entorpece e você já não sabe quem é, se esquece do que te faz único e só você gosta.

        Meu negócio é pele, é mão, olhos nos olhos, é ouvir o timbre da sua voz ressoando no mais perfeito equipamento de comunicação: o ar que nos envolve e liga tua voz ao meu coração.

        A tela e auto-falante deveriam nos unir para que víssemos nossos diamantes olhares brilharem de perto, nossos suores e perfumes dançarem juntos, nossos músculos apertarem mãos, ao invés de mouses.

        ——————————————-

        Tiago, desculpe, me deixei levar e as letras foram saindo. Fiquei emocionado.

        De qualquer modo, “de vez em quando” eu sempre te leio, amigo. Kkkk…

        Curtido por 1 pessoa

      2. É, meu chapa, quanto mais desenvolvemos nosso conhecimento, mais infelizes ficamos. Às vezes é mais fácil não estar a par do que nos rodeia. A existência fica mais fácil! Mas como você, também acho que essa mudança vira apenas aos nossos netos ou mais pra frente. Porém, acredito que como seres humanos evoluímos. Basta lembrar que a 150 anos atrás ainda existia escravidão. Antigamente, mulheres eram queimadas vivas por pensarem serem bruxas, entre outras atrocidades. Ainda estamos longe da perfeição, mas muita coisa melhorou. O problema maior é nossa relação com o ecossistema. E é essa insistência em fingir que o problema não existe é que vai nos prejudicar imensamente.

        Concordo contigo. O dinheiro só nos torna mais felizes até o momento que ele sana nossas necessidades básicas, como matar a fome, nos aquecer ou garantir um lugar para dormir. Após isso, serve para aumentar nossa noção de conforto, mas somente as verdadeiras relações com o próximo é que trarão a verdadeira satisfação.

        Bela declaração/composição no fim do seu comentário! RS… Mandou bem!

        Um grande abraço!!!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para T.Gacciona Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s