Intoxicação alimentar

Ânsia
Desinteira 
Fraqueza

Febre
Dor no corpo
Indisposição

Falta de apetite
Insônia
Frio

Cansaço
Olheiras
Palidez

Há dias que meu corpo não funciona bem
O relógio biológico está completamente alterado
Meu estomago e intestino travam uma batalha imunda que parece não ter fim

Os antibióticos me dão refluxo
Os anti-inflamatórios fazem mal ao fígado
E o soros caseiros não surtem qualquer efeito

Não aguento mais ler as bulas dos remédios
Faltam-me forças pra escapar desta prisão de azulejos
É impossível ignorar os intermináveis diálogos com a latrina

Maldita intoxicação

______________________________
Image by Bernard Spragg .NZ

Cálculo

Fezes pastosas
Amarelas
Um cheiro extremamente horrível

A urina é vermelha
Incomum
Única

As costas doem
Alucinadamente
Pontadas na região lombar que jamais cessam

Viro me durante toda a noite
De um lado ao outro
É impossível dormir

Deito-me no chão
Respiro fundo
A noite será longa

O corpo encharcado de suor
Boca seca
Hálito imundo

Não sei como minha mulher ainda me ama

_________________________
Imagem: Vadim Omsk

Não fica velho, não…

Não é nem um pouco nobre ansiar pela morte
Mas só é possível viver de verdade
Quando não se tem uma vida de merda

Fraqueza
Buracos de agulha por todos os lados
Um vulto negro em cada foco

Não ando
Não corro
Não vejo

Mal consigo cagar  sem sujar o caminho com merda
Não tenho forças nem para calçar os chinelos
Suplico aos céus por uma redenção

Gostaria de dormir tranquilo para nunca mais acordar
Mas não sou eu quem decide
Uma pena

O cano que sai de minha bexiga
A bengala ao lado da cama
A expressão de tristeza nos olhos de quem não enxergo

Que estado deplorável fui me encontrar

A família finge se importar com minha desgraça
Minha esposa já faleceu
Somente a medicação pode me confortar

Eu
Que já fui tão forte
Hoje, dependo dos outros para viver

Você não sabe o quanto isso me machuca
Me desculpe

Se pudesse te dar um conselho
Seria
Não fica velho, não, Thiago

_____________________
Imagem: ZaldyImg