A minha versão da história

Sinto o gosto do café na boca
Seus olhos vêm até mim
No calor do corpo
Um perfume discreto
.
Tardes singelas
Fizeram-me acreditar no amor
.
Seu cheiro no edredom
Recados carinhosos no espelho do banheiro
Bilhetes românticos guardados na gaveta
Presentes que jamais me desfiz
.
Dias tranquilos
Noites selvagens
.
Roupas de cama jogadas ao chão
Desejos ardentes
Peles coladas
Gemidos sinceros
.
Ofegantes por paixão
Juntos por vontade
.
Rimos de coisas que somente nós dois podemos entender
Agradamos um ao outro por amor
Por saudade
Sem intenções
.
Para ver o sorriso no rosto de quem ama

Para sentir aquele frio na barriga que só os apaixonados têm
.
Abraços
Mãos dadas
Colo a colo
Corações ardentes
.
Orgulho-me em andar ao seu lado
Sorrio sempre que a vejo vir ao meu encontro
.
Posso observá-la dormir
Dançar
Linda
Finjo que tudo é recíproco
.
Olhos às nuvens para te ver no céu
Mas caio em terra sem esperanças
.
Algo mudou
Seu sorriso não é mais o mesmo
Suas vontades mudaram
Sei que não acredita mais em mim
.
A paciência acabou
Eu, agora, te envergonho
.
Culpa-me por aquilo que não fiz
Por algo que não posso mudar
Por querer me tornar um homem que não estou preparado pra ser
Ainda
.
Aos poucos
Me evita
.
Não me atende
Só me procura para que eu devolva os pertences que ainda estão no meu armário
Tenta me convencer que não sou mais o mesmo
Porém, insiste que ainda seremos amigos
.
Sei que jamais vai acontecer
Não quero, não posso, seria impossível
.
A porta fecha
Um vazio imenso toma conta de mim
Nunca mais vamos nos ver
Não dessa forma
.
Um dia talvez você me procure
Com raiva, com ódio
.
Terá remorso
Por tudo que a fiz passar
Fará acusações
Irá me culpar pelo seu fracasso
.
Tudo bem
Infelizmente, algumas vezes tudo acaba assim
.
E mesmo que você afirme que nunca sentiu
Finja que não é verdade
Fuja, sofra, me abandone
E nada que eu diga a faça mudar de ideia
.
É um problema seu
Porque este é o meu amor
A minha verdade
O meu sentimento
.
E por mais que você negue
Nunca poderá tirá-lo de mim

Anúncios

Valores

É engraçado como conseguimos desenvolver características que são excelentes em decepcionar as pessoas que dormem sozinhas no quarto ao lado. Palavras, gestos e atitudes impensadas que fazem nossos parceiros esquecerem quem realmente somos e pararem para analisar em que momento de suas vidas penetraram as fortalezas do erro.

Foi triste quando fiz aqueles que amava chorarem, mas foi ainda pior quando minhas lágrimas caíram por culpa de outra pessoa.

Tento olhar o mundo de uma outra forma e cada vez fico mais convencido que não temos mais esperanças.  Nossos desejos já não valem nada, exatamente como aquela ferida sangrando na pata dianteira esquerda do frágil cão abandonado.  Quando foi que o ser humano passou a ser tão insensível?

Pais, mães, irmãos, irmãs, avós e tios. Esse tipo de vida já não importa mais.